Home Brasil Auxílio-Inclusão: O novo benefício para beneficiários do BPC

Auxílio-Inclusão: O novo benefício para beneficiários do BPC

de admin


Com a proposta de fomentar a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, o Governo Federal instaurou o Auxílio-Inclusão. Este benefício visa apoiar financeiramente os beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada) que optam por ingressar ou retornar ao ambiente de trabalho.

O que é o Auxílio-Inclusão?

O Auxílio-Inclusão consiste em uma ajudar financeira que corresponde à metade do valor de um salário mínimo. Portanto, o beneficiário recebe, mensalmente, a quantia de R$ 706. Este pagamento é realizado por tempo indeterminado, condicionado à manutenção dos critérios exigidos para o benefício.

Leia Mais: Programa Pé-de-Meia transforma vidas de estudantes do ensino médio

Como funciona o Auxílio-Inclusão?

Anterior ao Auxílio-Inclusão, as pessoas com deficiência que começavam a trabalhar perdiam o direito ao BPC. Contudo, essa dinâmica mudou em 2021, permitindo que os valores do BPC sejam ajustados para o novo auxílio, garantindo um suporte financeiro continuado. É importante notar que se o emprego for perdido por qualquer motivo, o benefício original é retomado integralmente, bastando para isso o contato com o INSS.

Quem tem direito ao Auxílio-Inclusão?

Para ser um recebedor do Auxílio-Inclusão, é imprescindível que o indivíduo atenda a certos pré-requisitos, delineados pelo Governo:

  • Possuir uma deficiência classificada como moderada ou grave;
  • Receber o BPC e conseguir um emprego com remuneração de até dois salários mínimos;
  • Ter tido o BPC temporariamente suspenso por entrar no mercado de trabalho nos últimos cinco anos;
  • Possuir renda familiar per capita de até um quarto do salário mínimo;
  • Estar com o CPF em situação regular;
  • Ter o CadÚnico atualizado.

Leia Mais: INSS facilita pedido de Atestmed por telefone: Saiba como

Como o Auxílio-Inclusão está ajudando pessoas com deficiência?

A implementação do Auxílio-Inclusão representa um avanço significativo para a política de inclusão social no Brasil. Ao proporcionar esse suporte, o Governo não apenas auxilia na sustentabilidade financeira dos beneficiários, mas também incentiva a integração social e profissional de pessoas com deficiência.

Caso você ou alguém próximo preencha os requisitos, entrar nessa iniciativa pode ser um excelente caminho para garantir não apenas um rendimento, mas também o respeito e reconhecimento dentro do espaço de trabalho. O mercado de trabalho pode ser desafiador, mas com os apoios corretos, as barreiras tornam-se meros obstáculos superáveis.

Você pode interessar!