Home Brasil PL traça estratégia para ‘chapa dos sonhos’ com Gustavo Gayer e Fred Rodrigues em Goiânia

PL traça estratégia para ‘chapa dos sonhos’ com Gustavo Gayer e Fred Rodrigues em Goiânia

de admin


O PL articula a formação da “chapa dos sonhos bolsonaristas”, em Goiânia, com o deputado federal Gustavo Gayer capitaneando o projeto rumo ao paço e o ex-deputado estadual Fred Rodrigues, na vice. A articulação, ainda embrionária, tem ganhado força nos corredores da legenda, de acordo com bolsonaristas com trânsito na alta cúpula do partido, ainda mais após a filiação da ex-primeira-dama de Aparecida, Mayara Mendanha, no partido.

A filiação de Fred Rodrigues, que estava no DC, foi costurada às 22h30 do último sábado (6), no apagar das luzes da janela partidária. Um dia antes, ele deixou o cargo que ocupava na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego). Publicamente, ele afirma que vai tentar uma cadeira na Câmara dos Vereadores. Nos bastidores, a articulação para que ele seja vice de Gayer tem ganhado força.

Mais ainda: se até as convenções, Gayer decidir abandonar o projeto, o PL vai trabalhar o nome de Fred Rodrigues como alternativa na disputa pelo paço. “Ele é o sucessor natural do Gustavo. É a segunda maior autoridade do bolsonarismo em Goiás. Se lá na frente o Gayer desistir, não há dúvidas que o PL continuará com seu projeto de pré-candidatura”, destaca. E quem encabeçará o projeto será justamente Fred Rodrigues.

O portal apurou, inclusive, que a cúpula bolsonarista não foi nenhum pouco receptiva à filiação da esposa de Gustavo Mendanha junto ao PL. Pegos de surpresa, pré-candidatos a vereadores chegaram a demonstrar insatisfação com a notícia. “A chapa já está fechada, inclusive com mais mulheres que o exigido como cumprimento da cota de gênero. Não há espaço para Mayara, nem como vice do Gustavo, tampouco para concorrer a uma cadeira na Câmara dos Vereadores”, salienta uma fonte bolsonarista.

Bolsonaristas também refutam a ideia de Gayer abrir mão da disputa para apoiar outro candidato alinhado à direita. Desde que entrou na disputa eleitoral, o empresário Sandro Mabel tem buscado unificar os projetos e ofereceu espaço para que o PL indicasse o nome para a vice em uma chapa abençoada pelo governador Ronaldo Caiado (União Brasil). “Como o PL vai abrir mão do projeto que está liderando as pesquisas?”, indaga citando, como exemplo, o levantamento publicado pelo Mais Goiás, nesta quinta-feira (11).

A tentativa de unificação das direitas chegou a ser considerada pelo próprio senador Wilder Morais, que preside o partido em Goiás, como apontado pelo portal. No entanto, o dirigente bolsonarista destacou que o assunto não prosperou e cada projeto decidiu seguir seu caminho solo. A pré-candidatura de Gayer chegou a ser lançada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), em um evento realizado na última quinta-feira (4), em Goiânia.

Você pode interessar!