Home Em novo ataque, Bolsonaro chama Barroso de “criminoso”

Em novo ataque, Bolsonaro chama Barroso de “criminoso”

de
  • Presidente da República falou a rádio gaúcha nesta terça; ele insiste que o ministro da Suprema Corte interferiu na PEC do voto impresso, derrubada em 2021

O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar pessoalmente o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso. Nesta terça-feira (2), em entrevista a uma rádio gaúcha, Bolsonaro chamou o ministro de “criminoso”, por sua atuação contra a PEC que poderia instituir um voto impresso no país.

Até hoje, Bolsonaro não engole a derrota da PEC do voto impresso – e escolheu Barroso como o bode expiatório.

“O Barroso foi para dentro do Congresso, mudaram os integrantes da comissão, e nós perdemos no voto o projeto do voto impresso. Houve uma interferência direta do ministro Barroso no Parlamento, o que a Constituição diz que não pode”, disse Bolsonaro. “É um crime. O Barroso é um criminoso. E depois ele vai para fora do país participar de evento sobre como derrubar presidente.”

Ele ainda chamou Barroso de “mentiroso” – em mais um dos ataques diretos feitos contra o integrante da Suprema Corte. À época da derrota na Câmara, ele acusou o ministro de “chantagear” deputados e o chamou de “filho da puta”.

Por O antagonista.

Envie um Comentário