Home Justiça do Rio marca julgamento de militar acusado de matar pais de ex-namorado

Justiça do Rio marca julgamento de militar acusado de matar pais de ex-namorado

de admin
Casal de idosos foi morto por ex-namorado do filho dentro de apartamento no Jardim Botânico

Casal de idosos foi morto por ex-namorado do filho dentro de apartamento no Jardim Botânico Reprodução/Redes sociais

A Justiça do Rio de Janeiro marcou, para o dia 26 de setembro, o julgamento do capitão de fragata da Marinha Cristiano da Silva Lacerda, acusado de matar os pais idosos do ex-namorado, o professor de inglês Felipe Coelho, no bairro do Jardim Botânico, zona sul do Rio de Janeiro, no mês passado.

A audiência de instrução e julgamento está prevista para acontecer a partir das 14h30. No início do mês, o Ministério Público estadual ofereceu denúncia ao 3º Tribunal do Júri da Capital contra Cristiano pelos homicídios triplamente qualificados de Geraldo Pereira Coelho, de 73 anos, e Osélia da Silva Coelho, de 72.

O casal foi assassinado a facadas dentro do apartamento do filho, no dia 25 de junho. Felipe relatou que o ex-namorado, com quem ainda dividia o imóvel, teria se revoltado após ele sair para uma festa.

O professor disse ter recebido ligações de Cristiano na noite do crime, nas quais o militar afirmava que Osélia estaria passando mal e que o filho deveria voltar para casa. Ao retornar, Felipe encontrou os pais mortos.

Leia também: ‘Pior dia da minha vida’, diz filho de idosos mortos na zona sul do Rio

Geraldo e Osélia vieram de Fortaleza, no Ceará, para visitar o filho no Rio. Os corpos dos dois foram enterrados na cidade de origem. 

O militar foi preso em flagrante, após ser encontrado escondido dentro do apartamento segurando uma faca. A prisão foi convertida em preventiva em 28 de junho. O crime, de acordo com o MP, foi motivado por vingança, uma vez que Cristiano não aceitava o fim do relacionamento.

*Estagiário do R7, sub supervisão de Bruna Oliveira

Envie um Comentário