Home Tebet critica polarização e diz que só a própria coligação pode pacificar o Brasil

Tebet critica polarização e diz que só a própria coligação pode pacificar o Brasil

de admin
Simone Tebet com os presidentes do PSDB, Bruno Araújo (à esq.), e do MDB, Baleia Rossi (à dir.)

Simone Tebet com os presidentes do PSDB, Bruno Araújo (à esq.), e do MDB, Baleia Rossi (à dir.) Augusto Fernandes/R7

Escolhida para concorrer à Presidência da República pelo MDB nesta quarta-feira (27), Simone Tebet criticou a polarização existente entre o eleitorado de Bolsonaro e de Lula e afirmou que a coligação que apoia a sua candidatura é a única capaz de pacificar o Brasil. A referência é ao PSDB e ao Cidadania, partidos que se juntaram ao MDB.

“Nós vamos fazer diferente. Acreditem, é possível. Porque só nós do campo democrático temos condições de pacificar o Brasil e de unir o nosso povo e a nossa gente”, frisou a candidata.

“Somos gigantes adormecidos. Mas como todo gigante, somos capazes de nos reerguer. A história novamente nos chama. O Brasil precisa novamente de nós, porque nós não aceitamos retrocesso”, acrescentou.

Simone Tebet durante discurso

Simone Tebet durante discurso REPRODUÇÃO/MDB NACIONAL

A senadora foi aprovada para concorrer ao Palácio do Planalto com 262 votos favoráveis e 9 contrários.

Durante o seu primeiro discurso como presidenciável, Tebet criticou a polarização entre o eleitorado para as eleições deste ano e disse que o Brasil só terá a perder se o presidente Jair Bolsonaro (PL) for reeleito ou se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sair vencedor.

“Eles se alimentam um contra o outro. Que candidatos são esses que colocam suas prioridades acima do povo? Não será a eleição do menos pior que vai resolver os problemas. Pelo contrário, os problemas só recomecariam com um país muito mais dividido”, argumentou.

 

Promessa de campanha: erradicar a fome

 

Simone Tebet disse que, caso eleita, erradicar a fome no país será sua missão principal, assim como diminuir a pobreza. De acordo com ela, o objetivo do que chamou de seu primeiro compromisso é garantir alimentação às pessoas mais necessitadas, sobretudo, às crianças.

“Faço um juramento como mãe. Sendo presidente da República, nenhuma criança vai dormir mais com fome no Brasil. Como é possível dormir com fome em um país que exporta e alimenta 800 milhões de pessoas no planeta?”, afirmou Tebet.

Além disso, a candidata disse que o plano de governo dela buscará melhorar o ambiente de negócios do país, diminuir o nível de desemprego, aumentar a renda dos brasileiros e  aperfeiçoar a saúde pública e a educação do país.

Envie um Comentário